Missão

A missão do Regulador é o de assegurar em permanência, um serviço o mais próximo possível do previsto e esperado pelos clientes, suportado no horário/frequência de passagem divulgados, controlar e corrigir o movimento de veículos na rede que assenta na gestão da circulação em todos os seus intervenientes e visa garantir a regularidade ou pontualidade da circulação.

Responsabilidades

Assegurar o bom funcionamento do serviço na rede do metro, nas suas componentes humana e material, acompanhando em tempo real a evolução do sistema e aplicando as medidas corretivas e preventivas necessárias.

-Proceder à abertura e encerramento das linhas e estações da rede.
-Verificar a disponibilidade dos sistemas ao seu dispor no PCC, tais como, rádio veículo, sistemas de controlo da sinalização ferroviária (TMS – Traffic Management System, THALES, EFACEC), sistema de informação ao público e vídeo vigilância, sistema de controlo e aquisição de dados e telefones de operação. Verificar, nos sistemas de sinalização, a disponibilidade da ligação remota aos postos de comando locais da rede do metro.
-Antes do início do serviço comercial, verificar a disponibilidade dos veículos para exploração e proceder à afetação dos mesmos aos serviços previstos para o dia.
-Supervisionar a rede, gerindo as entradas e retiradas de linha dos veículos de metro ligeiro, vigiando os adiantos, os atrasos e frequências de passagem, e interpretando os alarmes em tempo real.
-Intervir em ações de regulação, nomeadamente acertar os horários de serviço dos veículos e/ou serviços dos operadores (agentes de condução, agentes de estação e informação, entre outros), regulação dos intervalos e da pontualidade dos serviços, substituição dos meios e recursos, bem como tomar as medidas necessárias em caso de anomalia, nomeadamente acionar os planos de emergência, contactar bombeiros, polícia, proteção civil, segurança privada e outros agentes sempre que necessário, dando informação concreta ao PCC.
-Gerir os incidentes e acidentes, assistir os agentes de condução, acionar a manutenção corretiva do material circulante ou instalações fixas, traçar itinerários alternativos, atuar sobre a rede de energia quando em situação de emergência ou prevista, introduzir medidas de segurança e acionar os meios de emergência.
-Providenciar a correta informação aos clientes em coordenação com os agentes do posto de informação áudio e os agentes de estação e informação, quer em situação normal quer em situação de perturbação.
-Coordenar os meios humanos presentes no terreno, sobretudo em caso de anomalia.
-Cumprir os procedimentos preestabelecidos, respeitando a seguinte ordem de prioridades:
a) segurança das pessoas;
b) segurança dos bens;
c) realização do serviço;
d) conforto dos clientes.
-Relatar e registar as atividades diárias, acidentes, incidentes e outras situações anómalas.
-Realizar e coordenar testes aos equipamentos do PCC e em linha, entre eles: rádio dos veículos, rádios portáteis, telefones de emergência, sonorização das estações, vídeo vigilância e informação ao público.
-Proceder ao carregamento de viagens no sistema de gestão da circulação.
-Manter permanentemente uma visão global de todos os trabalhos em curso no sistema de metro do ligeiro do porto, informando os agentes no terreno, sobre o estado da rede e as perturbações momentâneas possíveis de ocorrer.
-Proceder à energização ou desenergização de qualquer secção da catenária (em coordenação com o centro de comando da manutenção).
-Zelar, em coordenação com a direção de material circulante, pela disponibilidade de material circulante para fazer face ao serviço comercial.
-Zelar, em coordenação com a direção de instalações fixas, pela disponibilidade das estruturas.
-Estar permanentemente em contacto no terreno em ligação contínua com o PCC.
-Quando de serviço no terreno, manter disponibilidade de contacto com o PCC e verificar o bom funcionamento dos equipamentos existentes nos postos de comando locais (LCC).
-Fazer aplicar as diretrizes, normas, procedimentos, modos operatórios e orientações definidas pela direção no domínio do controlo da regulação.
-Coordenar os meios humanos e materiais nos depósitos e parques.
-Assegurar a tomada de serviço dos agentes de condução.
-Prestar assistência técnica aos agentes de condução.
-Prestar, assistência em caso de acidente/incidente, ao agente de condução, podendo mesmo ter que manobrar os equipamentos, nomeadamente agulhas e veículos, entre outros, e também os serviços de manutenção, no que respeita aos acessos às obras e equipamentos.
-Participar, em caso de situação anómala, no estabelecimento dos modos de operação e de emergência selecionados sob coordenação do PCC e informar os clientes.
-Cumprir o regulamento preestabelecido.
-Estar atento a todas as perturbações no terreno e informar o PCC, agindo em conformidade e de acordo com instruções recebidas do PCC e eventualmente em articulação com o responsável operacional.
-Conduzir os veículos de Metro Ligeiro.
-Conduzir o Unimog, desde que habilitado.
-Conduzir viaturas sempre que necessário.
-Acompanhar os agentes de condução como monitor na condução inicial, se para tal estiver habilitado.
-Colaborar com as forças de emergência em caso de acidente/incidente.
-Cumprir com a política de qualidade, ambiente e segurança da empresa.
-Cumprir com os procedimentos de qualidade, ambiente e segurança aplicáveis à função.